Nossa Senhora do Silêncio

Silêncio

Jesus

Publicado em Mensagens | 5 comentários

Encontro na Comunidade do Silêncio 12/10/12

Convite para o encontro na Comunidade do Silêncio dia 12 de outubro, todos estão convidados, participem…

Publicado em Mensagens | 3 comentários

Mensagem de Nossa Senhora, dia 16/05/2010 – 15H00

Retiro – Comunidade do Silêncio
“Nossa Senhora do Silêncio veio acompanhada por muitos anjos e os três arcanjos: S. Miguel, S. Gabriel, S. Rafael. S. Miguel tem o estandarte nas mãos, onde está escrito: “Quem É como Deus?”; S. Rafael também tem em suas mãos um estandarte escrito: “Cura de Deus.”; S. Gabriel com estandarte bem vermelho, onde está escrito com letras de ouro: “Deus vem!” Nossa Senhora está toda de vestes brancas e tem um lindo rosário de cristal em suas mãos. Ela tem suas mãos postas. Os anjos cantam! ”A Alegria” à Virgem Maria, cantam a vitória de Deus, a cura sobre o povo eleito que se encontra aqui, aos pés da Santa Cruz. Anjos pequenos, Querubins, voam em volta da Cruz, alegrando o coração de vossa Mãezinha. Nossa Senhora está estendendo os braços sobre nós, para abençoar a todos, aqui presentes. Agora ela está virando para a direita, abençoando o povo da direita, e num movimento leve, suave, ela vai virando aos poucos para a esquerda, traçando o sinal da cruz sobre todos, aqui presentes.”
“ Meus queridos filhos! Grande alegria proporcionais ao Coração desta Mãe, por estardes aos pés desta Santa Cruz, sinal de amor e de misericórdia para os homens. Eu sou vossa Mãe, eu sou a Imaculada conceição. Desço do Céu. É missão de anunciar para a humanidade a mensagem celeste.
Oh filhinhos! Fogo se Amor Divino desce sobre os corações que se abrem aos céus. Deus, no Seu Amor, quer transmitir para vós, nesta tarde, através de Sua Mãe, o alerta, meus filhos, por longo tempo peregrinando sobre esta humanidade, levando aos meus filhos, direcionando à Santa Igreja, a mensagem do Céu. Venho pedir para os homens desta geração para que voltem urgentemente para Deus. Grande é o Amor de Deus para com seus filhos, mas os homens permanecem nas suas letargias, nas suas razões, nos seus julgamentos, mas a vós, filhinhos, Deus os recebe no Seu Sagrado Coração. Ele direciona a vós a sua benção de proteção, de direção.
Filhos! Vivam a vida; viver a vida é deixar-se direcionar pelo Céu, é se deixar-se direcionar pelas Sagradas Escrituras. Deus chama, hoje, os homens à fé. Oh! Como os homens estão abalados, como os homens desta geração buscam nos seus dia-a-dia, as suas soluções segundo o mundo, sem se lembrarem da misericórdia sem fim, de Deus que é o Todo Poderoso. Ele que salva. Ele que liberta, Ele que dá a vida. O sopro de Deus virá sobre essa humanidade, numa grande chama de amor, mas muitos corações endurecidos não reconhecerão aí a Misericórdia do Pai. Filhinhos, necessário fazer uma aliança com o Pai, a aliança do amor para com esta humanidade, a aliança dos corações unidos da Virgem Maria, com seu maternal coração cheio de amor pelos homens, e o coração de Jesus Eucarístico, tão abandonado, nesses dias, pelos homens desta pobre geração.
Tenho meu carinho maternal, filhinhos, para convosco. Conheço cada um de vós, conheço aqueles que sobem aos Pés da Santa Cruz, buscando em Deus, a Sua benção paternal. Voltem, filhos, para Deus e Deus os curará. Amem a Deus, meus filhos, e Ele corresponderá a esse amor tão pobre, pequeno, dos corações dos homens. Oh! Chamo, nesses dias, meus filhos prediletos a levarem os meus pobres filhos a levar uma mudança de vida, a uma conversão. Meus filhos, Jesus presente, com tantas graças para vós, mas poucos reconhecem Jesus, Senhor e Deus. Peço aos meus filhos sacerdotes que ensinem os seus fiéis a amarem a Cristo, a obedecerem a Sua palavra. É tempo de mudança, é tempo de conversão. Conversão, meus filhos, pois o tempo se esgota para esta humanidade, tão assediada pelas forças do mal. Hoje, na sabedoria do Pai, no coração de Meu Filho, trago a minha direção maternal., o meu presente de Mãe sela em vossas vidas, neste momento, meus filhos, para que nunca se esqueçam que vós tendes uma Mãe no Céu, que os direciona, que os quer direcionar sobre esta terra.
ENTREGA DAS ROSAS
Meus amados! Grande é o carinho desta Mãe para convosco. Deixo nesta tarde, selados em vossos corações, o meu beijo maternal. Filhos, convertam-se, convertam-se! Os tempos chegaram. Abençôo-vos em nome do Pai, do Filho de do Espírito Santo.”

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário

Mensagem de Nossa Senhora, dia 13/05/2010 – 18H00

Mensagem Comunidade do Silêncio
Nossa Senhora de Fátima veio acompanhada por muitos anjos. Ela tem em seu coração a Eucaristia, que é um Sol, e os anjos todos se prostram em adoração. É Jesus Eucarístico, o Coração de Maria. Ela está nos abençoando e olhando para cada um de nós com ternura de Mãe.
“ Meus queridos filhos, que buscam refúgio no Coração Imaculado de Sua Mãe, adoram Jesus em espírito e em verdade, pois eis o coração de vossa Mãe, Sacrário de Vida, onde habita a Vida e onde protegerei todos os meus filhinhos neste tempo de grande tribulação, que já está sobre a terra: tempo de divisão, tempo de discórdia, tempo de dor.
Meus filhinhos, olho para cada um de vós e sinto grande ternura em meu coração, grande desejo de sempre estar convosco, meus filhos. Este é um momento especial para toda a humanidade em que Fátima se une com toda a Igreja, a Igreja verdadeira. Pedi em Fátima penitência, renúncia ao pecado, desapego do mundo, desapego dos pecados; poucos foram os que ouviram. Hoje, o Pedro deste vosso tempo, o Sumo Pontífice, grita para o mundo inteiro para que atendam os alertas, os pedidos de sua Mãe Divina, a Mãe de Cristo crucificado, ressuscitado para os filhos meus.
Oh, filhinhos, eis o tempo da grande tribulação, tempo de divisão. Eis que chegou para a Igreja um tempo de dor, um tempo de calvário, de cruz. Venho pedir, para vós, nesta noite, que permaneçais na obediência àquele que é o Sumo Pontífice da Santa Igreja. Ele é a pequena barca de Deus, salvação do resto dos eleitos sobre este mundo. Grande guerra se levantará sobre vós, eleitos do Céu, grande batalha, grande luta, grande guerra. São as forças anti-Cristãs que se empenham, neste momento, sobre a humanidade para vencer os santos de Deus. Eu, Mãe, tenho pressa em reunir os meus pequeninos, os meus pequeninos que ouviram a voz de Fátima, o alerta de Fátima e hoje se prostram aos pés da Santa Cruz, a Cruz de luz, Mão de Deus estendida para a humanidade. Haverá muito desespero também nas políticas brasileira e mundial.
Filhinhos, eu os tomo, eu os apresento ao Pai, para que o Pai, na Sua infinita Misericórdia, permita que vós, pequeno exército, fique no meu Imaculado Coração neste momento de grande turbulência que chega para a humanidade: tempo de perseguição aos verdadeiros filhos, às verdadeiras famílias. Preparem-se meus filhos, para uma batalha final, uma batalha que se iniciou desde a primeira aparição de Vossa Mãe, nesta humanidade. Eis a grande luta da Mulher Vestida de Sol, junto ao seu exército, contra o grande exército do mal, que é o dragão vermelho, que clama vitória sobre este mundo!
Meus filhos, não temam, pois Eu, Mãe de Deus, junto ao meu Filho Jesus, triunfaremos com meu pequenino resto, o resto que viverá o Amor. Os anjos os acompanharão, estejais aos pés da Santa Cruz, meus filhos. Ele se faz presente nesse lugar de luz, que tanto inflama de ódio o coração do inimigo. Eis a vitória de Deus na vida de Seus filhos. Deus Se contenta com Seus filhos que zelam da Santa Cruz, Cruz pedida por Ele em Dozulé, não aceita pela Igreja, pelos superiores. Ele virá, meus filhos, onde todos os olhos a contemplarão com grandes remorsos em seus corações, por isso os reúno sempre aos pés dessa Cruz antes do grande dia, dia de grande ira, de vingança, que virá sobre esta humanidade, onde Deus fará novas todas as coisas para vós, pequenino povo do silêncio, que zela desta Cruz. Eu Sou a Mãe de Fátima, por isso tendes em vosso meio um membro daquela terra tão amada e querida, onde pedi que houvesse penitência, se espalhasse pelo mundo a penitência. Por isso tendes, em vosso meio, uma pequena filha transportada por mim até este lugar, para dizer para vós, pequenino exército, que os pedidos de Vossa Mãe permanecem ditos para os pastorzinhos e dito, hoje, para o meu pequeno rebanho. Vós tendes junto a vós as graças do Céu. Vós tendes as chagas do meu Filho crucificado e as Suas dores paternais que os ajudarão nesta grande caminhada rumo ao Céu. Satanás tem olhado para esta comunidade com olhos de ódio, de raiva, por isso peço para vós:” Trave o bom combate com o  Rosário, com as vigílias, com as penitências e vencereis!” Digo para as minhas filhas do silêncio, as minhas irmãzinhas, jovens esposas do meu Filho, que O adorem pela Santa Cruz! Não vos desespereis, porque tendes como guardiã Vossa Mãe Celestial, a Mãe do Vosso esposo, que é Rei do Céu e o Rei da terra.
Venho pedir, nessa noite, urgência, meus filhos, para que se unam, não se dispersem, nem mesmo nos momentos de oração e nem nos momentos de trabalho com esta obra. Ela é grande para o Céu, ela permanecerá até ao retorno do meu Filho, que já está bem próxima, vereis, meus filhos, com alegria, em vossos corações. Tereis perseguições de muito sacerdotes que não acreditam nesta obra divina, que vem do coração do Pai, mas Eu, Mãe de Deus, tenho suscitado muitos corações obedientes, sacerdotes, para dar-vos acompanhamento.
Filhos! Próximo está de realizar-se no mundo inteiro, todos os meus segredos. Tenho pedido muitas orações, poucos foram os que ouviram a mensagem celestial. Peço que permaneçam unidos, não se distanciem deste lugar. Àqueles que se afastarem desse lugar, peço que voltem, se ajuntem! Tenho amor a vós, filhos, não quero vê-los dispersos, longe da Santa Cruz, onde permaneço e vós, meu pequeno exército, que triunfe em vossos corações o amor, o amor mútuo, o amor perdão, o amor à obra de Deus que os levará ao Céu. Muitos se confundirão por estar aqui e acolá, buscando e buscando, e não permanecem firmes no que Eu, Mãe de Deus, tenho mostrado tão perto de ti. Meus filhos, tudo isso que dito para vós, nessa noite, é um coração de Mãe que se aflige pelo que está próximo desta humanidade. Vereis, meus filhos, a guerra, se aproximando, o fogo caindo do céu e os mares avançando, Muitos tremerão de terror diante da fúria da natureza que se levantará contra os pecadores. Meus filhinhos, grande é o meu amor para convosco, grande deve ser o vosso amor para com Jesus, Jesus Eucarístico. O Espírito Santo quer vos conduzir, meus filhos, a viverdes a santidade, tão desejada pelo coração de Vosso Pai, que os quer unidos nesta grande batalha. Eis o tempo da grande divisão! Recolham-se meus filhos, junto ao coração desta vossa Mãe, pois poucas horas faltam para o nascimento do novo dia, o dia da festa da Glória dos filhos de Deus.
Meus filhos, dou-vos a minha benção maternal nesta noite, benção de paz, de amor, benção de luz desta vossa Mãe que mais uma vez desce sobre essa humanidade em visita de seus filhos, abertos ao amor do Pai. Abençôo-vos em nome do Pai, do Filho e do espírito Santo.
Peço, nesta noite, a minha filha “..x..”, a minha portuguesinha, que leve essa mensagem de Sua Mãe para tua mãe. Dizei a ela, filha minha, que desejo que ela visite este lugar, para que a minha mensagem, através deste lugar, prepare aquele pequeno exército que ora ao Céu, chamando a infinita misericórdia. Desejo, filha minha, proteger os meus filhos dispersos em todas as nações. Portugal, onde entrou o pecado, onde entrou a legalização, a morte para os inocentes, ainda no seio de vossas mães. Grande será o sofrimento desse país. Sodoma e Gomorra não sofreram o que virá sobre essa nação, por causa do desacato ao amor de Deus. Deus vos fala pelo coração de Sua Mãe: “ Por que não ouvem? Filhos, filhos, grande dor os espera, mas aos meus ampararei.”
Peço, nesta noite, também ao meu filho”.x..”, que não se distancie desse lugar. Grande é a obra tua, filho, tu que vives o silêncio, que meditas em silêncio aquilo que tua Mãe
dita nesse lugar. Ele te é necessário e tu és necessário para ele. Caminhe rumo ao Céu, junto a tua Mãe.
Peço, nesta noite, ao meu filho “.x..” e sua família, que retorne a este lugar, pois grande fúria se levantará nessa cidade, por causa das blasfêmias que se levantam contra esta Mãe, aos pés da Santa Cruz. Deus é o perdão, mas os homens não aceitam o amor de Deus. Assim, digo para todos os demais que desejam viver o amor, a união neste lugar. Que vivam sob as minhas ordens, ordens de Mãe que os conduz para o Céu. Permaneçam aos pés da Santa Cruz.
Ao meu filho predileto, padre Octávio, cuido de ti, meu filho, te conduzo em meus braços maternais. Todas as vezes que levantas vôo para ajudar os meus filhos inocentes, os meus filhos confidentes, que tanto sofrem perseguições das mãos dos homens que não ouvem mais a Deus. Abençôo a tua casa, abençôo as minhas pequenas filhas que lá vivem sob a tua orientação e minha orientação celestial.
Não temeis filhos, eu estou junto a vós. Sereis perseguidos, maltratados, humilhados, mas grande é a recompensa no Céu. Darei muitos sinais neste lugar, para que confundam o coração assoberbado dos homens, que não crêem no amor celeste, mas a vós, que procurem viver no amor, a humildade, a penitência, a oração: Eu vos ajudarei! Peço, meus filhos, que não crieis opiniões em vossos corações, mas olhai o sofrimento do meu Filho, consentido neste lugar, através dos eleitos a quem o Senhor atribui as Suas dores. Eu sou a Mãe de Deus. Mãe da Igreja. Amén, amen, Jesus! Sejam caridosos, sejam alimento, meus filhos, para aqueles que virão com fome, com sede de Deus, com sede de viver a paz que é Deus. Abençôo-vos! Abençôo-vos!”

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário

Mensagem de Nossa Senhora, dia 13/05/2010 – 18H00

Mensagem Comunidade do Silêncio

Nossa Senhora de Fátima veio acompanhada por muitos anjos. Ela tem em seu coração a Eucaristia, que é um Sol, e os anjos todos se prostram em adoração. É Jesus Eucarístico, o Coração de Maria. Ela está nos abençoando e olhando para cada um de nós com ternura de Mãe.

“ Meus queridos filhos, que buscam refúgio no Coração Imaculado de Sua Mãe, adoram Jesus em espírito e em verdade, pois eis o coração de vossa Mãe, filhos, Sacrário de Vida, onde habita a Vida e onde protegerei todos os meus filhinhos neste tempo de grande tribulação, que já está sobre a terra: tempo de divisão, tempo de discórdia, tempo de dor.
Meus filhinhos, olho para cada um de vós e sinto grande ternura em meu coração, grande desejo de sempre estar convosco, meus filhos. Este é um momento especial para toda a humanidade em que Fátima se une com toda a Igreja, a Igreja verdadeira. Pedi em Fátima penitência, renúncia ao pecado, desapego do mundo, desapego dos pecados; poucos foram os que ouviram. Hoje, o Pedro deste vosso tempo, o Sumo Pontífice, grita para o mundo inteiro para que atendam os alertas, os pedidos de sua Mãe Divina, a Mãe de Cristo crucificado, ressuscitado para os filhos meus.
Oh, filhinhos, eis o tempo da grande tribulação, tempo de divisão. Eis que chegou para a Igreja um tempo de dor, um tempo de calvário, de cruz. Venho pedir, para vós, nesta noite, que permaneçais na obediência àquele que é o Sumo Pontífice da Santa Igreja. Ele é a pequena barca de Deus, salvação do resto dos eleitos sobre este mundo. Grande guerra se levantará sobre vós, eleitos do Céu, grande batalha, grande luta, grande guerra. São as forças anti-Cristãs que se empenham, neste momento, sobre a humanidade para vencer os santos de Deus. Eu, Mãe, tenho pressa em reunir os meus pequeninos, os meus pequeninos que ouviram a voz de Fátima, o alerta de Fátima e hoje se prostram aos pés da Santa Cruz, a Cruz de luz, Mão de Deus estendida para a humanidade. Haverá muito desespero também nas políticas brasileira e mundial.
Filhinhos, eu os tomo, eu os apresento ao Pai, para que o Pai, na Sua infinita Misericórdia, permita que vós, pequeno exército, fique no meu Imaculado Coração neste momento de grande turbulência que chega para a humanidade: tempo de perseguição aos verdadeiros filhos, às verdadeiras famílias. Preparem-se meus filhos, para uma batalha final, uma batalha que se iniciou desde a primeira aparição de Vossa Mãe, nesta humanidade. Eis a grande luta da Mulher Vestida de Sol, junto ao seu exército, contra o grande exército do mal, que é o dragão vermelho, que clama vitória sobre este mundo!
Meus filhos, não temam, pois Eu, Mãe de Deus, junto ao meu Filho Jesus, triunfaremos com meu pequenino resto, o resto que viverá o Amor. Os anjos os acompanharão, estejais aos pés da Santa Cruz, meus filhos. Ele se faz presente nesse lugar de luz, que tanto inflama de ódio o coração do inimigo. Eis a vitória de Deus na vida de Seus filhos. Deus Se contenta com Seus filhos que zelam da Santa Cruz, Cruz pedida por Ele em Dozulé, não aceita pela Igreja, pelos superiores. Ele virá, meus filhos, onde todos os olhos a contemplarão com grandes remorsos em seus corações, por isso os reúno sempre aos pés dessa Cruz antes do grande dia, dia de grande ira, de vingança, que virá sobre esta humanidade, onde Deus fará novas todas as coisas para vós, pequenino povo do silêncio, que zela desta Cruz. Eu Sou a Mãe de Fátima, por isso tendes em vosso meio um membro daquela terra tão amada e querida, onde pedi que houvesse penitência, se espalhasse pelo mundo a penitência. Por isso tendes, em vosso meio, uma pequena filha transportada por mim até este lugar, para dizer para vós, pequenino exército, que os pedidos de Vossa Mãe permanecem ditos para os pastorzinhos e dito, hoje, para o meu pequeno rebanho. Vós tendes junto a vós as graças do Céu. Vós tendes as chagas do meu Filho crucificado e as Suas dores paternais que os ajudarão nesta grande caminhada rumo ao Céu. Satanás tem olhado para esta comunidade com olhos de ódio, de raiva, por isso peço para vós:” Trave o bom combate com o Rosário, com as vigílias, com as penitências e vencereis!” Digo para as minhas filhas do silêncio, as minhas freirinhas, jovens esposas do meu Filho, que O adorem pela Santa Cruz! Não vos desespereis, porque tendes como guardiã Vossa Mãe Celestial, a Mãe do Vosso esposo, que é Rei do Céu e o Rei da terra.
Venho pedir, nessa noite, urgência, meus filhos, para que se unam, não se dispersem, nem mesmo nos momentos de oração e nem nos momentos de trabalho com esta obra. Ela é grande para o Céu, ela permanecerá até ao retorno do meu Filho, que já está bem próxima, vereis, meus filhos, com alegria, em vossos corações. Tereis perseguições de muito sacerdotes que não acreditam nesta obra divina, que vem do coração do Pai, mas Eu, Mãe de Deus, tenho suscitado muitos corações obedientes, sacerdotes, para dar-vos acompanhamento.
Filhos! Próximo está de realizar-se no mundo inteiro, todos os meus segredos. Tenho pedido muitas orações, poucos foram os que ouviram a mensagem celestial. Peço que permaneçam unidos, não se distanciem deste lugar. Àqueles que se afastarem desse lugar, peço que voltem, se ajuntem! Tenho amor a vós, filhos, não quero vê-los dispersos, longe da Santa Cruz, onde permaneço e vós, meu pequeno exército, que triunfe em vossos corações o amor, o amor mútuo, o amor perdão, o amor à obra de Deus que os levará ao Céu. Muitos se confundirão por estar aqui e acolá, buscando e buscando, e não permanecem firmes no que Eu, Mãe de Deus, tenho mostrado tão perto de ti. Meus filhos, tudo isso que dito para vós, nessa noite, é um coração de Mãe que se aflige pelo que está próximo desta humanidade. Vereis, meus filhos, a guerra, se aproximando, o fogo caindo do céu e os mares avançando, Muitos tremerão de terror diante da fúria da natureza que se levantará contra os pecadores. Meus filhinhos, grande é o meu amor para convosco, grande deve ser o vosso amor para com Jesus, Jesus Eucarístico. O Espírito Santo quer vos conduzir, meus filhos, a viverdes a santidade, tão desejada pelo coração de Vosso Pai, que os quer unidos nesta grande batalha. Eis o tempo da grande divisão! Recolham-se meus filhos, junto ao coração desta vossa Mãe, pois poucas horas faltam para o nascimento do novo dia, o dia da festa da Glória dos filhos de Deus.
Meus filhos, dou-vos a minha benção maternal nesta noite, benção de paz, de amor, benção de luz desta vossa Mãe que mais uma vez desce sobre essa humanidade em visita de seus filhos, abertos ao amor do Pai. Abençôo-vos em nome do Pai, do Filho e do espírito Santo.
Peço, nesta noite, a minha filha “….”, a minha portuguesinha, que leve essa mensagem de Sua Mãe para tua mãe. Dizei a ela, filha minha, que desejo que ela visite este lugar, para que a minha mensagem, através deste lugar, prepare aquele pequeno exército que ora ao Céu, chamando a infinita misericórdia. Desejo, filha minha, proteger os meus filhos dispersos em todas as nações. Portugal, onde entrou o pecado, onde entrou a legalização, a morte para os inocentes, ainda no seio de vossas mães. Grande será o sofrimento desse país. Sodoma e Gomorra não sofreram o que virá sobre essa nação, por causa do desacato ao amor de Deus. Deus vos fala pelo coração de Sua Mãe: “ Por que não ouvem? Filhos, filhos, grande dor os espera, mas aos meus ampararei.”
Peço, nesta noite, também ao meu filho”…”, que não se distancie desse lugar. Grande é a obra tua, filho, tu que vives o silêncio, que meditas em silêncio aquilo que tua Mãe dita nesse lugar. Ele te é necessário e tu és necessário para ele. Caminhe rumo ao Céu, junto a tua Mãe.
Peço, nesta noite, ao meu filho “…” e sua família, que retorne a este lugar, pois grande fúria se levantará nessa cidade, por causa das blasfêmias que se levantam contra esta Mãe, aos pés da Santa Cruz. Deus é o perdão, mas os homens não aceitam o amor de Deus. Assim, digo para todos os demais que desejam viver o amor, a união neste lugar. Que vivam sob as minhas ordens, ordens de Mãe que os conduz para o Céu. Permaneçam aos pés da Santa Cruz.
Ao meu filho predileto, padre Octávio, cuido de ti, meu filho, te conduzo em meus braços maternais. Todas as vezes que levantas vôo para ajudar os meus filhos inocentes, os meus filhos confidentes, que tanto sofrem perseguições das mãos dos homens que não ouvem mais a Deus. Abençôo a tua casa, abençôo as minhas pequenas filhas que lá vivem sob a tua orientação e minha orientação celestial.
Não temeis filhos, eu estou junto a vós. Sereis perseguidos, maltratados, humilhados, mas grande é a recompensa no Céu. Darei muitos sinais neste lugar, para que confundam o coração assoberbado dos homens, que não crêem no amor celeste, mas a vós, que procurem viver no amor, a humildade, a penitência, a oração: Eu vos ajudarei! Peço, meus filhos, que não crieis opiniões em vossos corações, mas olhai o sofrimento do meu Filho, consentido neste lugar, através dos eleitos a quem o Senhor atribui as Suas dores. Eu sou a Mãe de Deus. Mãe da Igreja. Amén, amén, Jesus! Sejam caridosos, sejam alimento, meus filhos, para aqueles que virão com fome, com sede de Deus, com sede de viver a paz que é Deus. Abençôo-vos! Abençôo-vos!”

Comentário:
Nossa Senhora lhe deu (a Ilda) muitas visões. Ela lhe mostrou algumas ilhas, uns lugares, tudo sendo coberto pelo mar. Multidões correndo de um lado para o outro. Também Ela mostrou o Papa passando por grande sofrimento, de perseguição. Falou sobre a Igreja, muitos sacerdotes que estão pisando no Corpo de Cristo, sacerdotes prestando culto ao inimigo, à maçonaria. São sacerdotes que se embrenharam na maçonaria, infelizmente. Nossa Senhora pediu muitas orações para esses sacerdotes. Abençoou os aniversariantes deste mês (Maio) e deu uma benção especial para o tio Zé. Agradeceu pelas flores e pediu para pegar três flores e colocar aos pés de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
Pediu para andar sempre, com a Bíblia e o Catecismo. Andar com a Verdade. Que o Papa vai sofrer muito, vai entregar a chave da Igreja no calvário, vai morrer para ressuscitar.
Aquilo que Ela pediu em Fátima, é para meditarmos muito. Que os segredos vão ser revelados, vai haver pouco tempo, por isso o povo tem que se preparar para o que vem. Por isso Ela tem vindo há tantos anos pedindo ao povo para se penitenciar. Disse: “ Eu, Mãe de Deus, não estou trazendo uma mensagem parra pôr medo nos meus, mas se prepararem em orações, confissão, penitência, Eucaristia, senão o povo não suportará a Primeira Trombeta tocada na primeira badalada. Ficarão com tanto pânico e correrão para as igrejas, e as encontrarão vazias, pois Jesus não estará mais lá. Dos segredos que eu (Ilda) tenho, um foi revelado para o Papa, outro para o Bispo D. José Lanza, o quarto já está com ele, os outros também são para o D. José Lanza. Não falou a data.
Para as pessoas que moram fora, terem em casa o círio, a vela ou a Cruz doméstica, azul e branca. Para dedicarmos duas horas do dia em oração, pois Nossa Senhora vai dar proteção para essas pessoas que têm vida de oração, confissão, Eucaristia. Pediu, mais uma vez, que se consagrem os cinco sentidos à Santíssima Trindade, aos Corações Unidos de Jesus e Maria, pois é muito urgente e necessário.

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário

Mensagem de Nossa Senhora dia 09/05/2010

Mensagem Comunidade aos pés da Santa Cruz

Nossa Senhora está presente. Ela é a Rainha dos Céus, é medianeira entre todas as graças, entre Deus e os homens, a libertação para os homens.

“Eis a Cruz do Senhor! Olhem filhos, para esta Cruz, onde o Senhor Se faz presente. Ele que é a misericórdia para a humanidade! Eis que Ele retorna em Glória!
Filhos, em Jesus está a proteção para as vossas vidas, neste momento em se trava grande batalha sobre esta humanidade! Os anjos do Senhor já estão em posição para o grande combate. O auxílio enviado por Deus para os Seus eleitos, Seu pequeno exército. Oh, filhinhos! Deus através de vós, quer fazer grandes coisas para esta humanidade. É necessário vós abrirem vossos corações à vontade de Deus para vossas vidas. Ele É o amor, Ele É a Misericórdia.
Oh, filhos, vós vos perturbais tanto, com todas as situações em vossas voltas, porque não estais enraizados no Senhor, no amor do Senhor. O Reino dos Céus está próximo, ele é arrebatado por aqueles que buscam numa confiança maior, realizar em suas vidas e em suas voltas a vontade do Senhor.
A Cruz é escudo de Luz para vós, neste tempo de trevas e devassidão, onde o pecado impera sobre esta humanidade. Filhinhos, permaneçam sempre aos pés dessa Cruz, dirigindo a ela seus olhares, suas súplicas, colocando aos pés da Cruz do Senhor os vossos corações tão tímidos, mas tão manchados pelos afetos mundanos.
Meus filhos, chamo-vos nestes dias, para que vos prepareis em confissão sacramental, que busquem reconciliarem-se com Deus, enquanto ainda têm sacerdotes santos, junto a vós, pois em breve, muito difícil será encontrar os filhos prediletos para ouvirem os vossos pecados e no nome do Todo Poderoso, darem a vós a absolvição.
Oh, filhinhos! É o tempo da Igreja! Neste momento se atravessa grande batalha entre as forças que querem vencer os filhos de Deus. Mas aquele Sumo Pontífice desse vosso tempo, é o eleito escolhido por Deus, para levar esta humanidade aos pés do Senhor e ao triunfo dos Corações Unidos. Em breve, filhos, uma nova luz surgirá sobre esta humanidade, que aquecerá os corações, os libertando completamente para Deus.
Eu sou vossa Mãe e como vossa Mãe, trago para vós as minhas bênçãos maternais, as minhas bênçãos celestiais. Peço, meus filhos, que leveis em vossas mãos o Santo Rosário, este pequeno escudo de luz, que os livrará das insídias do mal. Vede, filhos, satanás tem horror à Santa Cruz e ao Santo Rosário, pois nela é a meditação das dores do Senhor, o comprometimento da salvação para vós, de vosso Senhor.
Meus filhos! Tempo de grande tribulação chegou para a terra. Muita perturbação em muitos lugares, mas o meu pequeno exército, aqueles que estiverem na intimidade com o Senhor, em oração junto a vossa Mãe, serão libertados e protegidos. Esta é a minha promessa de Mãe, neste dia tão especial em que as mães recebem os seus filhos para os abençoar.
Eu, vossa Mãe, dedico a Vós, também as minhas bênçãos maternais. Agradeço ó meus filhos, as rosas que me trouxestes, principalmente as rosas que são as vossas orações, vossas penitências. Digo para meus filhos aqui presentes: “Eu, Mãe de Deus, não permitirei, mas peço a vós, que permaneçais perseverantes nesta caminhada de luz, de luz da Cruz para a humanidade”. Eis que se aproxima o tempo do Senhor. Permaneçam, meus filhos, em oração. “Fugi potências inimigas, porque venceu o Filho de Davi, o descendente de Davi”, pela Cruz de luz que resplandecerá para esta humanidade.
Abençôo-vos, em nome da Santíssima Trindade, o Pai, do Filho e o Espírito Santo.”

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário

Mensagem de Nossa Senhora dia 09/05/2010

Mensagem Comunidade aos pés da Santa Cruz
Nossa Senhora está presente. Ela é a Rainha dos Céus, é medianeira entre todas as graças, entre Deus e os homens, a libertação para os homens.
“Eis a Cruz do Senhor! Olhem filhos, para esta Cruz, onde o Senhor Se faz presente. Ele que é a misericórdia para a humanidade! Eis que Ele retorna em Glória!
Filhos, em Jesus está a proteção para as vossas vidas, neste momento em se trava grande batalha sobre esta humanidade! Os anjos do Senhor já estão em posição para o grande combate. O auxílio enviado por Deus para os Seus eleitos, Seu pequeno exército. Oh, filhinhos! Deus através de vós, quer fazer grandes coisas para esta humanidade. É necessário vós abrirem vossos corações à vontade de Deus para vossas vidas. Ele É o amor, Ele É a Misericórdia.
Oh, filhos, vós vos perturbais tanto, com todas as situações em vossas voltas, porque não estais enraizados no Senhor, no amor do Senhor. O Reino dos Céus está próximo, ele é arrebatado por aqueles que buscam numa confiança maior, realizar em suas vidas e em suas voltas a vontade do Senhor.
A Cruz é escudo de Luz para vós, neste tempo de trevas e devassidão, onde o pecado impera sobre esta humanidade. Filhinhos, permaneçam sempre aos pés dessa Cruz, dirigindo a ela seus olhares, suas súplicas, colocando aos pés da Cruz do Senhor os vossos corações tão tímidos, mas tão manchados pelos afetos mundanos.
Meus filhos, chamo-vos nestes dias, para que vos prepareis em confissão sacramental, que busquem reconciliarem-se com Deus, enquanto ainda têm sacerdotes santos, junto a vós, pois em breve, muito difícil será encontrar os filhos prediletos para ouvirem os vossos pecados e no nome do Todo Poderoso, darem a vós a absolvição.
Oh, filhinhos! É o tempo da Igreja! Neste momento se atravessa grande batalha entre as forças que querem vencer os filhos de Deus. Mas aquele Sumo Pontífice desse vosso tempo, é o eleito escolhido por Deus, para levar esta humanidade aos pés do Senhor e ao triunfo dos Corações Unidos. Em breve, filhos, uma nova luz surgirá sobre esta humanidade, que aquecerá os corações, os libertando completamente para Deus.
Eu sou vossa Mãe e como vossa Mãe, trago para vós as minhas bênçãos maternais, as minhas bênçãos celestiais. Peço, meus filhos, que leveis em vossas mãos o Santo Rosário, este pequeno escudo de luz, que os livrará das insídias do mal. Vede, filhos, satanás tem horror à Santa Cruz e ao Santo Rosário, pois nela é a meditação das dores do Senhor, o comprometimento da salvação para vós, de vosso Senhor.
Meus filhos! Tempo de grande tribulação chegou para a terra. Muita perturbação em muitos lugares, mas o meu pequeno exército, aqueles que estiverem na intimidade com o Senhor, em oração junto a vossa Mãe, serão libertados e  protegidos. Esta é a minha promessa de Mãe, neste dia tão especial em que as mães recebem os seus filhos para os abençoar.
Eu, vossa Mãe, dedico a Vós, também as minhas bênçãos maternais. Agradeço ó meus filhos, as rosas que me trouxestes, principalmente as rosas que são as vossas orações, vossas penitências. Digo para meus filhos aqui presentes: “Eu, Mãe de Deus, não permitirei, mas peço a vós, que permaneçais perseverantes nesta caminhada de luz, de luz da Cruz para a humanidade”. Eis que se aproxima o tempo do Senhor. Permaneçam, meus filhos, em oração. “Fugi potências inimigas, porque venceu o Filho de Davi, o descendente de Davi”, pela Cruz de luz que resplandecerá para esta humanidade.
Abençôo-vos, em nome da Santíssima Trindade, o Pai, do Filho e o Espírito Santo.”

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário

Mensagem de Nossa Senhora, dia 30/05/2010

Comunidade do Silêncio
“Nossa Senhora está toda de vestes brancas. Ela tem uma coroa sobre sua cabeça e um rosário de cristal em suas mãos. Ela tem as mãos postas e junto dela vários anjos, muitos anjos, anjos com vestes de todas as cores
“ Meus queridos filhinhos, eu os abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Eu sou a Virgem do Silêncio. Peço, meus filhos, que silenciem em vossos corações para ouvirdes a voz de Deus, o que Deus tem para ditar para vós nesta tarde.
Meus filhos, eis o momento de grande urgência de viverdes a penitência. Filhinhos, grandes acontecimentos estão para surgir em todas as partes da humanidade. Tenho avisado em todas as partes do mundo, alertando os meu pobres filhos para se reunirem em nome de Deus, para que em plena oração busquem a proteção divina, pois somente em Deus encontrarão refúgio neste momento de dor que se aproxima de toda a face da terra. Filhinhos, peço nesta tarde: “que olhem para a Igreja, não com pensamentos de julgamento pela ação do inimigo, que tem subjugado tantos filhos prediletos, mas olhai com amor, pois Jesus está presente nelas, meus filhos”. Rezem pelos meus filhos sacerdotes e eles sairão vitoriosos diante de tantas calúnias que levantam contra os meus pobres filhos. Tenho olhado para esta pobre humanidade, tenho enviado a ela socorro do Céu pela minha intercessão, mas os homens levados pelo poder, pela ganância, já não ouvem mais o que o Céu vem pedir nesses dias. Oh geração, quão afastada andais de Deus. Venho, no silêncio, alertando em todas as partes da terra, mas poucos ouviram a minha voz, poucos se penitenciaram. Eis o momento da tribulação que chega sobre a terra. Meus filhos, a guerra virá de todas as partes, não por vontade de Deus, mas pela força dos homens, pelo poder que coloca a vida dessa humanidade em grande risco. Choro por ver quantos filhos perecerão, quantos filhos enganados se direcionam para o inferno.
Oh, filhinhos, Jesus ainda permanece nos sacrários. Ele se faz presente para vós. Busquem em Jesus, não esperem pela hora do grande sofrimento, meus filhos, tenho olhado os vossos corações, a cruz de cada um. Eu, Mãe de Deus, permaneço junto de vós, mas quantos de vós, nesses dias, não buscam em sua Mãe auxílio, porque não acreditam na manifestação do Céu, no poder e na misericórdia de Deus que quer auxiliar os seus filhos. Meus filhos, façam o que eu digo e tereis a proteção. Quero direcioná-los nesse caminho de grande tribulação que se faz sobre a terra. Ouçam-me! Sou  vossa Mãe! Desejo direcioná-los. Se peço para vós que reservem água, alimento, porque tardais em responder ao chamado de vossa Mãe? Porque tardais em obedece-la? Porque não buscam em Meu Filho, meus filhinhos, vós que estais doentes, a cura para as vossas almas? Tereis a cura de vossos corpos. Porque não buscais, se direcionar meus filhos, pela Palavra de Deus, pelo Santo Evangelho? Meus filhinhos, o mundo arma para arrastá-los junto com a podridão que se faz presente. Mas venho, nesta tarde, decidido pelo Céu, a ajudá-los neste caminho de sofrimento, que vem sobre a terra. Vós não conheceis a beleza da Pátria Celestial, a beleza do Paraíso que Deus reserva para os seus eleitos, por isso venho, meus filhos, prepará-los, pois grande alegria é reservada para as ovelhas do Senhor.Deus, o Meu Santo Filho, vem em vosso socorro. Olho nesta tarde para vós, sei o desejo de vossos corações, de ver esta Mãe que vos fala, mas dou para vós uma palavra de esperança: “ Em breve todos os olhos verão Aquele que É Deus, Todo Poderoso do Universo surgir no meio de luzes sem fim, junto ao coração de sua Mãe. Triunfando para a humanidade.”
Filhinhos, grande batalha vos espera. A batalha decisiva já se iniciou sobre esse mundo. Por isso quero reunir os meus pequenos grupos, por isso chamo a um, chamo a outro; a todos dedico a missão celestial; a minha missão para vós, meus filhos, é que permaneçam no coração de vossa Mãe, junto aos pés da Santa Cruz, como meus pequenos “João”, amando o Senhor das Alturas, buscando nele a contrição de seus pecados, o perdão.
Meus filhos, é desejo desta Mãe que vós ofereçais missas, sacrifícios, penitências pelo arrependimento mundial. O mundo precisa buscar em Deus o perdão, o perdão das ofensas que se levantam a todo o instante a Ele, Deus Poderoso. Deus tem o perdão de Seu coração, mas Ele espera de seus filhos um ato de contrição. Meus filhos, trago para vós, também, sobre as minhas aparições em Fátima. Elas se concluirão neste vosso tempo, por isso chamei lá das terras onde escolhi para pedir ao mundo a penitência, a volta para Deus, onde ditei para os meus pequeninos a minha mensagem celestial de alerta para o mundo, mas os homens escondem aquilo que o Céu deseja desta humanidade, por isso já, sobre a humanidade grandes acontecimentos que poderiam ser evitados pela obediência. Hoje, Deus, envia Sua Mãe sobre a terra, para ensinar os homens a viverem o amor, a viverem voltados para Deus. Deus chama os homens dessa geração a uma contrição de coração, pois Ele virá julgar os vivos e os mortos. Ele separará os bons dos maus.
            Minha filha (……), te trouxe, do meu lugar escolhido, pois olho o teu coração e a firmeza de tantos filhos meus daquela terra que vivem a verdade, a verdadeira verdade e a esses quero preparar para esses grandes momentos de tribulação que avançam sobre a terra. Portugal passará por grandes tribulações, transformações, pois o santuário do mundo está sendo profanado por forças que desagradam o Céu, mas chamo o meu pequeno exército para formá-lo para este momento de grande decisão, entre Deus e o mal, entre Deus que traz a vida para os seus eleitos, e o mal que subjuga tantos filhos, escravizando-os para o inferno.
            Oh, filhinhos! Ouçam o alerta desta vossa Mãe. Olhai para os ensinamentos que eu ditei neste lugar, por vários anos, e o que aqui está sendo preparado para aqueles que desejo proteger nestes dias de grande angústia. Pergunto para vós, minha filha: Haverá água? Haverá fome? Haverá guerras? Haverá pestes? Haverá perseguições para os verdadeiros filhos de Deus, mas é hora, minha filha, da revelação dos verdadeiros filhos de Deus, deles se armarem para a grande batalha, deles, juntos, alcançarem a vitória para Deus pelas suas orações e penitências. Te peço: “Olhe para esta Cruz pedida pelo Céu! Ela repelirá satanás e seus sequazes que a muitos alicia e engana.” Azul e branca, a cor de meu manto, da pureza da tua Virgem Mãe. Nela, Jesus Ressuscitado, pois Ele pagou pelos pecados do mundo. Hoje a Sua justiça varrerá esta humanidade.
Te peço minha filha: “ coloque lá, na tua casa, esta Cruz para proteção dos que Eu, Mãe de Deus, desejo preservar da grande tribulação que baterá em todas as portas e que dissipará e vencerá muitas nações.” Eu escolho, Deus escolhe, mas o mundo negligencia, o mundo foge da verdade, pois Jesus É a verdade, e a paz acontecerá, cura e libertação para os filhos de Deus pela Sua Mãe, a mulher vestida de Sol, que trava grande batalha, nesses dias, para proteger os eleitos do Céu. Leiam Marcos Um. Vejam meus filhos, o que João Batista pede nas passagens evangélicas para vós: “O Reino dos Céus está próximo, o machado está posto à raiz.” A guerra virá e muitos perecerão. Eu, Mãe de Deus, dou o alerta do Céu.

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário

Mensagem de Nossa Senhora dia 02/05/2010

Comunidade Nossa Senhora do Silêncio
 
Nossa Senhora está presente. Ela está com as vestes solares. Brilha muito a luz que vem de Nossa Senhora.
“Meus queridos filhos! Eu os reúno mais uma vez, nesta linda tarde, aos pés desta Santa Cruz. Trago para vós as minhas bênçãos maternais, bênçãos vindas do Coração da Santíssima Trindade. Sois o meu pequeno rebanho. Oh filhinhos! Mais uma vez, venho pedir para vós, que vos aproximeis cada vez mais de Deus Altíssimo pelas vossas orações e penitências.Chegou o tempo, meus filhos, que eu, Mãe de Deus, em todo o mundo, reúno os meus pequenos grupos para prepara-los para grandes momentos que se aproximam dessa pobre humanidade.
Filhos meus, o que anunciei em Fátima para os pastorzinhos, está para acontecer sobre esta humanidade. Por isso a urgência de coração e de um abandono ao coração de Deus. Filhinhos, peço a vós, que neste tempo, dediquem todas as horas do vosso dia, a estardes na presença de Deus com orações, com penitências. Aflito está o meu Imaculado Coração. Vossas orações trarão para vós a proteção divina. Mas os grandes acontecimentos sobre a humanidade…, não haverá mais tempo para impedi-los, nem com orações mais, filhos. Deus tem avisado ao coração humano as Suas vontades, tem falado para os homens desta geração do Seu retorno em Glória. Mas os homens tampam os seus ouvidos para não mais ouvirem os clamores celestiais, os clamores do Céu!
Eis que chega para a humanidade a hora do Senhor! A Rússia se levantará contra o resto da humanidade, impondo as suas leis, se juntará a três outros grandes poderes do mundo. Grande sofrimento advirá, filhos! Lágrimas, muitas lágrimas serão derramadas pelos meus pobres filhos que se arrependerão, então, neste momento de dor! Jesus, nos sacrários, já É banido, mas devido ao badalar da grande hora da tribulação no mundo, a Igreja, os sacerdotes, então, abrirão as portas da Igreja para que o povo venha à oração. Haverá orações, mas em momento de grandes dores! Este é o momento de graças para vós, filhos, aproveitai deles. Aproximai-vos de Deus, contritos de coração, com sentimentos verdadeiros e alcançareis de Deus as graças de estardes preparados para estes momentos.
Tenho preparado os meus grupos e a muitos tenho chamado para que vão em busca, se unam em oração. Procurem os refúgios do meu Imaculado Coração, pois tudo o que eu, Mãe de Deus, tenho ditado, acontecerá para esta humanidade, para confusão daqueles que não acreditam na mensagem do Céu. Deus É Misericórdia, mas os homens, levados pelas suas ganâncias e poderes, negligenciam, tampam os ouvidos para Deus.
Meus filhos! Nesta tarde sois agraciados pela presença de vossa Mãe, que os quer formar no amor, que quer direcioná-los para o bem, para uma vida nova de amor, um mundo novo de amor: os corações de Jesus e Maria, que então triunfarão para toda a humanidade.
Trilhem, meus filhos, o caminho da santidade. Tenho meu recado, nesta tarde, para os jovens, para as crianças, para as famílias, para os homens e mulheres, para que busquem santidade em vossas vidas. Somente em santidade, filhos, alcançareis as graças de que tanto necessitais. Deus é tudo, Deus è maior do que tudo. Colocai-vos na confiança de Deus Todo Poderoso e Ele, então, transformará as vossas vidas! Deus tem concedido, nesses dias, fonte de bênçãos para a cura de Seu povo, para que ouvindo-O, sejais resgatados e protegidos de grande fúria que varrerá esta humanidade.
Oh! Rezem, meus filhos, rezem! Sois a alegria do coração desta Mãe, quando em minha presença se penitenciam, quando em minha presença rezam a Deis Pai, Filho e Espírito Santo, pedindo para vós o perdão, para o mundo. Dou-vos a minha benção maternal nesta tarde: em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Sois meus, meus filhos, meus filhos!”

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário

Mensagem de Nossa Senhora dia 02/05/2010

Comunidade Nossa Senhora do Silêncio

Nossa Senhora está presente. Ela está com as vestes solares. Brilha muito a luz que vem de Nossa Senhora.

“Meus queridos filhos! Eu os reúno mais uma vez, nesta linda tarde, aos pés desta Santa Cruz. Trago para vós as minhas bênçãos maternais, bênçãos vindas do Coração da Santíssima Trindade. Sois o meu pequeno rebanho. Oh filhinhos! Mais uma vez, venho pedir para vós, que vos aproximeis cada vez mais de Deus Altíssimo pelas vossas orações e penitências.Chegou o tempo, meus filhos, que eu, Mãe de Deus, em todo o mundo, reúno os meus pequenos grupos para prepara-los para grandes momentos que se aproximam dessa pobre humanidade.
Filhos meus, o que anunciei em Fátima para os pastorzinhos, está para acontecer sobre esta humanidade. Por isso a urgência de coração e de um abandono ao coração de Deus. Filhinhos, peço a vós, que neste tempo, dediquem todas as horas do vosso dia, a estardes na presença de Deus com orações, com penitências. Aflito está o meu Imaculado Coração. Vossas orações trarão para vós a proteção divina. Mas os grandes acontecimentos sobre a humanidade…, não haverá mais tempo para impedi-los, nem com orações mais, filhos. Deus tem avisado ao coração humano as Suas vontades, tem falado para os homens desta geração do Seu retorno em Glória. Mas os homens tampam os seus ouvidos para não mais ouvirem os clamores celestiais, os clamores do Céu!
Eis que chega para a humanidade a hora do Senhor! A Rússia se levantará contra o resto da humanidade, impondo as suas leis, se juntará a três outros grandes poderes do mundo. Grande sofrimento advirá, filhos! Lágrimas, muitas lágrimas serão derramadas pelos meus pobres filhos que se arrependerão, então, neste momento de dor! Jesus, nos sacrários, já É banido, mas devido ao badalar da grande hora da tribulação no mundo, a Igreja, os sacerdotes, então, abrirão as portas da Igreja para que o povo venha à oração. Haverá orações, mas em momento de grandes dores! Este é o momento de graças para vós, filhos, aproveitai deles. Aproximai-vos de Deus, contritos de coração, com sentimentos verdadeiros e alcançareis de Deus as graças de estardes preparados para estes momentos.
Tenho preparado os meus grupos e a muitos tenho chamado para que vão em busca, se unam em oração. Procurem os refúgios do meu Imaculado Coração, pois tudo o que eu, Mãe de Deus, tenho ditado, acontecerá para esta humanidade, para confusão daqueles que não acreditam na mensagem do Céu. Deus É Misericórdia, mas os homens, levados pelas suas ganâncias e poderes, negligenciam, tampam os ouvidos para Deus.
Meus filhos! Nesta tarde sois agraciados pela presença de vossa Mãe, que os quer formar no amor, que quer direcioná-los para o bem, para uma vida nova de amor, um mundo novo de amor: os corações de Jesus e Maria, que então triunfarão para toda a humanidade.
Trilhem, meus filhos, o caminho da santidade. Tenho meu recado, nesta tarde, para os jovens, para as crianças, para as famílias, para os homens e mulheres, para que busquem santidade em vossas vidas. Somente em santidade, filhos, alcançareis as graças de que tanto necessitais. Deus é tudo, Deus è maior do que tudo. Colocai-vos na confiança de Deus Todo Poderoso e Ele, então, transformará as vossas vidas! Deus tem concedido, nesses dias, fonte de bênçãos para a cura de Seu povo, para que ouvindo-O, sejais resgatados e protegidos de grande fúria que varrerá esta humanidade.
Oh! Rezem, meus filhos, rezem! Sois a alegria do coração desta Mãe, quando em minha presença se penitenciam, quando em minha presença rezam a Deis Pai, Filho e Espírito Santo, pedindo para vós o perdão, para o mundo. Dou-vos a minha benção maternal nesta tarde: em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Sois meus, meus filhos, meus filhos!”

Comentário:
Nossa Senhora falou que Jesus está contente com vossas orações e penitências e também com as irmãs da Arca de Maria, que elas levem as pessoas a se consagrarem mais profundamente à Virgem Santíssima. O manto de Nossa Senhora vai ser a única proteção para nós, nestes fins de tempos. Jesus disse para se apegar muito ao coração de Sua Santa Mãe. E Nossa Senhora mostrava, enquanto Ela falava, eu (Ilda), vi Jesus no coração dela. Nossa Senhora apresentava o Santo Terço e este brilhava. Ela falava: “Rezai o Santo Terço, rezai o Santo Rosário, rezai o Santo Rosário.” Avise meus filhos que os livrarei de grandes guerras, grandes pestes que virão sobre esta humanidade. Agradeceu também pela vigília na cidade (4ª feira), as mil Ave Marias e todas as demais, que estão salvando as famílias brasileiras.

Publicado em Mensagens | Deixar um comentário